Camino Primitivo > Tramo 1 > Oviedo-Santiago de Compostela

Reserva o teu caminho de Santiago

(* Recorde que a Data de Entrada será a da noite antes de começar a caminhada)

Quartos 1

Duração: 16 dias / 15 noites

  • Dia 1: Chegada a Oviedo e alojamento.
  • Dia 2: Oviedo-Grado. Alojamento em Grado.
  • Dia 3: Grado-Salas. Alojamento em Salas.
  • Dia 4: Salas-Tineo. Alojamento em Tineo.
  • Dia 5: Tineo-Pola de Allande. Alojamento em Pola de Allande.
  • Dia 6: Pola de Allande-La Mesa. Alojamento em Pola de Allande.
  • Dia 7: La Mesa-Grandas de Salime. Alojamento em Grandas de Salime.
  • Dia 8: Grandas de Salime-A Fonsagrada. Alojamento em A Fonsagrada.
  • Dia 9: A Fonsagrada-O Cádavo. Alojamento em O Cádavo.
  • Dia 10: O Cádavo-Lugo. Alojamento em Lugo.
  • Dia 11: Lugo- A Ponte Ferreira. Alojamento em A Ponte Ferreira.
  • Dia 12: A Ponte Ferreira-Melide. Alojamento em Melide.
  • Dia 13: Melide-Arzúa. Alojamento em Arzúa.
  • Dia 14: Arzúa-A Rúa/Amenal/O Pino. Alojamento em A Rúa/Amenal/O Pino.
  • Dia 15: A Rúa/Amenal/O Pino-Santiago de Compostela. Alojamento em Santiago de Compostela.
  • Dia 16: Pequeno-almoço e fim de nossos serviços.

O preço inclui:

  • Alojamento e pequeno-almoço todos os dias.
  • Transporte de mochilas, cada uma das etapas do caminho (Máximo 15 quilos por pessoa em um único pacote).
  • Alojamento ao longo do caminho: Hotéis, Turismo rural ou pousadas (de acordo com a disponibilidade nas datas escolhidas).
  • Seguro de viagem.
  • Em caso de o alojamento reservado não ficar na mesma cidade de chegada/partida da etapa, os clientes têm um serviço de transfer ao hotel e do hotel ao começo da etapa do dia seguinte. Este serviço não tem custo adicional.

CONDIÇÕES DE RESERVA:

  • Adiantamento de 100 euros/reserva (não reembolsável) no momento da reserva. O restante seria pago um mês antes da partida.
  • Em cancelamentos de reserva com um mínimo de 15 dias antes da partida, reembolsamos tudo o dinheiro exceto 100 euros/reserva não reembolsáveis do adiantamento.
  • Em cancelamentos com menos de 15 dias, perde-se o total da reserva.

DESCRIÇÃO DAS ETAPAS

Etapa 1: Oviedo-Grado (25,8 Km)

O Caminho Primitivo começa na Catedral de San Salvador de Oviedo. Nos primeiros quilômetros vamos para Santiago de Paniceres e a Capela del Carmen. Continuaremos ao longo de um caminho sinuoso que atravessa pequenas aldeias sem muitos serviços para os peregrinos até chegar à cima de El Escamplero, a única parte com dificuldade deste dia. Na última parte da etapa, atravessamos o rio Andallón para irmos a Premoño, L´Arache e Peñaflor antes de chegar a Grado.

Etapa 2: Grado-Salas (24,9 Km)

De Grado, depois uma grande subida, chegamos a San Juan de Villapañada. Continuamos a subir até o Santuário da Virgen del Fresno. A partir daí, começa uma descida que nos levará para San Marcelo e Doriga, com a sua igreja de Santa Eulalia de Doriga e o seu Palácio. Atravessamos o rio Narcea para atingir o mosteiro de San Salvadore fazer uma pequena pausa antes de ir à cima de Santa Eufemia. A parte final da etapa leva-nos a Quintana e à igreja de Santiago de Villazón, antes de passar a ponte de Casazorrina e a Salas, com a sua encantadora cidade velha.

Etapa 3: Salas-Tineo (20,2 Km)

Depois de visitar o Palácio de Valdés, continuamos o nosso caminho até a cima de Porciles. Atravessamos o bairro de Bodenaya, para chegar às cidades de La Espina, La Pereda, com a sua capela de Cristo de los Afligidos e El Pedregal. Em Santa Eulália podemos ainda visitar uma velha mansão que tem sido um hospital para peregrinos, ainda preservada. No final desta etapa, atingimos pelo Caminho dos Frailes a vila de Tineo onde os peregrinos encontrarao todos os serviços que precisam.

Etapa 4: Tineo-Pola de Allande (28,2 Km)

As próximas etapas são um pouco mais difíceis desde que deixamos para trás os vales e começamos a caminhar nas montanhas, algumas das quais ultrapassam os 1000 metros de altura. Deixamos Tineo pelo Camino de la Sierra que nos leva ao miradouro de Letizia. Depois, descemos para Piedratecha e o Mosteiro de Santa Maria Real de Obona. Vamos encontrar diferentes aldeias e finalmente chegaremos a Borres. A parte final desta etapa vai para o alto de Lavadoira e a vila de Ferroy antes de chegar a Pola de Allande.

Etapa 5: Pola de Allande-La Mesa (22,8 Km)

Esta é uma das etapas mais bonitas do Caminho Primitivo, mas com algumas dificuldades também. Neste caso, a subida ao Puerto del Palo é uma subida difícil que nos levará até alcançar a 1100 metros de altitude. O cenário é espetacular e poderemos ver o caminho que já percorremos e o que ainda nos resta por caminhar. Na segunda parte do dia, vamos descer com muito cuidado por aldeias de Montefurado, Lago, Berducedo e Mesa, que é o fim desta etapa linda.

Etapa 6: La Mesa-Grandas de Salime (16,8 Km)

Etapa curta, mas não menos complicado, uma vez que temos uma forte descida até chegar ao reservatório de Salime. Não vamos encontrar muitos serviços no Camino hoje. Antes de sair de La Mesa, podemos visitar a Igreja de Santa Maria Magdalena e depois irmos para Buspol. Aqui, vamos começar uma descida acentuada entre as árvores até chegar ao reservatório. Depois de atravessar o reservatório, continuamos o nosso caminho para Grandas.

Etapa 7: Grandas de Salime-A Fonsagrada (28,1 Km)

Saímos de Grandas depois de visitar a igreja colegiada de San Salvador e começamos uma subida suave que nos leva por aldeias sem muitos serviços para os peregrinos. Assim até o Alto do Acebo com os seus 1100 metros de altitude que vai ser a grande dificuldade do dia mas que oferece uma bela vista panorâmica. A parte final desta etapa passa por Cabreira, Fonfría, Barbeitos, Silvela e Paradanova para entrar em A Fonsagrada por um caminho de pedras que leva até Fons Sacrata, a igreja e o antigo hospital.

Etapa 8: A Fonsagrada-O Cádavo (23,4 Km)

A etapa entre Fonsagrada e O Cádavo corre ao longo de caminhos florestais com belas paisagens de montanha de Lugo. Passamos por pequenas aldeias preservadas no tempo com as suas antigas "pallozas", e com não muitos serviços para os caminhantes, com exceção do bar existente em Paradavella. Passaremos também pelo Hospital de Montouto, que foi o último hospital ativo para os peregrinos. Na última parte da etapa, temos de superar as subidas de A Lastra e Alto de Fontaneira antes de atingir O Cádavo, final da etapa, que tem todos os serviços.

Etapa 9: O Cádavo-Lugo (30,5 Km)

Neste dia chegaremos a Lugo em um contínua descida, mas antes, temos de enfrentar a última parte alta o Caminho Primitivo, Alto da Vaqueriza. A partir daí, a descida leva-nos a Castroverde, com todos os serviços necessários para o peregrino. Pasarenos por muitas aldeias rurais galegas e chegaremos a Lugo de uma forma muito confortável sem fazer um grande esforço. Atravessamos o rio Minho e podemos visitar jà a espetacular muralha romana.

Etapa 10: Lugo- A Ponte Ferreira (26,9 Km)

A paisagem muda de Lugo até a confluência com o Caminho Francês em Melide. Deixamos a cidade pela Ponte romana sobre o Rio Minho. Deixamos as montanhas e agora entramos numa região bastante plana ao longo de estradas locais e através de aldeias típicas da Galiza sem muitos serviços para os peregrinos, com exceção de San Vicente de Burgo, onde há uma pousada. A partir daí, chegaremos a San Romao de Retorta, um lugar de grande tradição jacobina, onde podemos visitar uma réplica de um marco miliário romano. Hoje terminamos em Ponte Ferreira.

Etapa 11: A Ponte Ferreira-Melide (20,5 Km)

Deixamos Ponte Ferreira para encontrar o Caminho Francês. Em Melide ligamos a nossa aventura com aqueles que estão a fazer o Caminho mais movimentado. Mas antes de lá chegar, caminharemos ao longo das aldeias de Guntín, Palas de Rei, Toques e Melide. Teremos também de atravessar a Serra do Careón, que divide as duas províncias. Esta etapa tem muito poucos serviços até chegar a Melide

Etapa 12: Melide-Arzúa

Antes de sair de Melide, é aconselhável visitar a cidade velha desta vila tão ligada à tradição jacobina. Depois temos de continuar através de caminhos florestais até Arzua. No meio, passaremos por aldeias acostumadas ao lento caminhar dos peregrinos. Chegaremos a Arzúa depois de cruzar a ponte medieval sobre o rio Diso.

Etapa 13: Arzúa - Rúa/Amenal/O Pino (19,1 Km)

Santiago já é cada vez mais perto, o que nos faz sentir mais animados para chegar e um pouco tristes ao mesmo tempo. O caminho sai de Arzua atravessando algumas aldeias e fazendas onde é produzido o delicioso queijo local. De Salceda, continuamos nosso caminho perto da estrada nacional de Santa Irene, Rua e Pedrouzo.

Etapa 14: Rúa/Amenal/O Pino - Santiago de Compostela (20 Km)

A última etapa começa a andar ao longo de caminhos dentro de florestas de eucalipto até chegar à Cimadevilla e San Paio. Na aldeia de Lavacolla os peregrinos medievais pararam para lavar-se antes de abraçar o apóstolo. Nos últimos quilômetros, passamos por San Marcos antes de alcançar o Monte do Gozo, de onde já podemos ver a Catedral. Entramos em Santiago de Compostela pelo bairro de San Lázaro. Plaza del Obradoiro é o fim desta viagem que não deixará ninguém indiferente.

MAPA OVIEDO-SANTIAGO DE COMPOSTELA

PERFIL DO TRAMO OVIEDO-SANTIAGO DE COMPOSTELA

Perfil dO tramo